Entenda o que é leite A2

O Puro Leite28/07/2021

Nós amamos leite, e por isso conhecemos a sua história. O leite A2, no qual a Fiore é uma das pioneiras no Espírito Santo e no Brasil, nem sempre foi estudado. Foi na década de 1990, na Nova Zelândia, que o interesse por esse alimento começou, quando médicos identificaram uma diferença na fração de caseína e resolveram investigar.

Hoje esse leite é difundido no mundo. Além da Nova Zelândia, Reino Unido, Estados Unidos, China e países europeus investem na produção desse alimento, comercializando não apenas leite, mas também os seus derivados, como iogurtes, coalhadas, fórmulas infantis, sorvete, dentre outros produtos.  

Mas, para que você entenda melhor, é preciso falar sobre a beta caseína do leite, que possui 209 aminoácidos, com as variações A1 e A2. Essa proteína é um dos principais nutrientes da bebida, importante para o crescimento e desenvolvimento de crianças e jovens e responsável pela manutenção dos tecidos musculares.

Todas as fêmeas de espécies mamíferas, entre elas as humanas, as cabras, as búfalas, as éguas e as camelas, produzem apenas a beta caseína A2, mas, por causa de uma mutação genética que ocorreu há aproximadamente 10 mil anos, algumas vacas passaram a produzir a beta caseína A1. 

Por esse motivo, a beta caseína A2 é chamada de caseína “natural”. 

Qual é a composição do leite? 
O leite das mimosas tem em sua composição de 87% de água e aproximadamente 13% de componentes sólidos que são divididos entre proteínas totais (3,3 a 3,5%); gordura (3,5 a 3,8%); lactose (4,9%); minerais (0,7%) e vitaminas. As proteínas que são as responsáveis pela diferenciação do leite A1 e o leite A2A2.

Como assim, o leite das vacas tem diferença? 
Sim! Nem todas as vacas produzem os dois tipos de caseína. Na verdade, existem três genótipos possíveis: o genótipo A1A1 determina que o animal produza apenas a beta caseína A1; vacas com o genótipo A2A2 produzem somente o tipo A2; e vacas com o genótipo A1A2 produzem os dois tipos. 

O que diferencia muitas vezes o leite é a sua qualidade. Alguns fatores podem interferir na qualidade final do leite, por exemplo, manejo, raça, a dieta oferecida, saúde dos animais, entre outros. Esses pontos também influenciam na composição protéica do leite, a caseína (tipo de proteína do leite) (80%), e as proteínas do soro (20%).

Mas o que é leite A2, afinal?
É o leite produzido por vacas genótipo A2A2 que produzem leite com apenas beta caseína A2A2.  Isso só é possível por meio de mapeamento genético, no qual é possível identificar o tipo de proteína presente no leite de cada vaca. 

Vale destacar que a Fiore não realiza nenhuma intervenção no genes das vacas, apenas o mapeamento genético, estudo de rebanho, conciliado com o cuidado com esses animais, para que elas produzam o leite A2. Um processo totalmente natural. 

Quais os benefícios do leite A2?
Estudos já apontam que o leite A2 tem um maior grau de digestibilidade para o nosso organismo, que podem prevenir e tratar problemas intestinais, como prisão de ventre, dentre outros.

Quais produtos A2A2 a Fiore tem? 

Leite Pasteurizado A2 Fiore: sabor e saúde. Esse é o resumo desse leite, que, a cada copo, tem 114 calorias e 06 gramas de proteínas. Ideal para o café da manhã das crianças, para o lanche rápido da tarde, para misturar com cereais ou inserir naquelas receitas da família.

Leite Fermentado A2 Fiore: a felicidade tem nome e se chama leite fermentado. Esse é o queridinho das crianças e das pessoas que sofrem com prisão de ventre ou outros problemas intestinais, porque conseguiu unir o sabor o sabor inconfundível do leite fermentado com as qualidades incomparáveis do leite A2A2. 

Disponíveis nas embalagens de 300 e de 1000 gramas, o Leite Fermentado Fiore traz lactobacilos vivos, que, além de ser bom para o intestino, contribui para reforçar a imunidade.

Coalhada A2 da Fiore: lançada recentemente, a coalhada tem aquele sabor incrível que já conhecemos, mas é produzida com o leite A2 e isso, pode fazer com que sua digestibilidade seja mais fácil.

Ah, e sabe de um detalhe importante? A Fiore tem muito orgulho de estampar nestes produtos o selo de certificação de Vacas A2A2, um compromisso para que o consumidor saiba a origem do que sabemos produzir de melhor, o leite. 

Além do selo de certificação, todos os produtos da Fiore também têm o selo de rastreabilidade, que é conhecido como “RG do Leite”. Por meio do selo, você consegue saber a origem dos nossos produtos, assim como o trajeto até ele chegar até a sua mesa. 

Você pode saber mais a respeito dos produtos da linha A2 da Fiore aqui: https://laticiniosfiore.com.br/leite-a2/

* Com informações da Revista Leite Integral

Posts relacionados

https://opuroleite.com.br/cinco-motivos-para-voce-consumir-os-produtos-da-fiore/

Cinco motivos para você consumir os produtos da Fiore

https://opuroleite.com.br/receita-de-cheesecake-de-morango-facil-rapida-e-que-agrada-a-todos/

Receita de Cheesecake de Morango: fácil, rápida e que agrada a todos

https://opuroleite.com.br/receita-facil-de-mousse-de-morango/

Receita fácil de Mousse de Morango

O Puro Leite

O Puro Leite

A Fiore é um dos pioneiros na produção de leite tipo A no Brasil, e está localizada em Santa Teresa-ES.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.